Dieta termogênica

A dieta termogênica foi criada pela inglesa Cathi Graham e divulgada no livro “The Fresh Start Thermogenic Diet” e tem por principal objetivo a ingestão restritiva de alguns carboidratos, que fazem parte de um grupo de alimentos com baixo índice glicêmico e de outros alimentos que uma de suas principais funções é ser termogênico.

Aqui no site já falamos sobre alimentos que são termogênicos naturais, e o que essa dieta propõe é o consumo dos tais para emagrecer principalmente com o funcionamento adequado do seu sistema digestivo, e assim conseguir o peso que tanto almeja.

Dieta termogênica

Cathi tinha obesidade mórbida e chegou a perder 84kg com uma dieta baseada neste grupo de alimentos, onde além de emagrecer, conseguiu manter o peso ideal e mais tarde lhe rendeu o livro na qual já citamos aqui no começo desta matéria.

A dieta adaptada por ela, na qual conhecemos por Dieta Termogênica, promove a produção intensa de calor dentro do seu organismo durante o processo que conhecemos por digestão. O metabolismo tende a acelerar para que seja feita o mais rápido possível a digestão destes alimentos e que a temperatura interna volte a diminuir chegando aos 37ºC, assim você perde calorias e gorduras.

dieta termogenica

Com o consumo de carboidratos termogênicos de baixo índice glicêmico, você poderá chegar mais rápido ao seu peso ideal, visto que alimentos que tenham um elevado índice glicêmico como a Tapioca e o Pão de forma por exemplo, devem ser eliminados da sua dieta, pois tendem a armazenar gorduras principalmente nas regiões do abdômen (barriga), coxas, glúteos e culote, quando não gastos com rapidez, como é o caso de atletas.

Como funciona a Dieta Termogênica?

A dieta termogênica é dividida em dois grupos distintos, dois quais você irá precisar ver em qual dos dois padrões se encaixa e seguir o plano de dieta de um deles, o grupo das Maçãs e o grupo das Peras.

Apesar dos nomes estranhos, eles fazem sentido, e foram os escolhidos pela autora da dieta e vamos respeitá-los.

Grupo Maçãs – Carbo Cleanout Plan (Limpeza de carboidratos)

O grupo da dieta intitulado “Maçã” é para aqueles que tendem a acumular gorduras na região da cintura.

O cardápio da dieta termogênica para quem faz parte deste grupo se baseia em:

    • O cardápio do dia precisa ter três refeições principais, um lanche e uma sobremesa.
    • Consumo ilimitado de legumes (até que você se sinta satisfeito)
    • Ingestão de carboidratos de baixo índice glicêmico limitados a duas refeições por dia e devem ser de grãos integrais.
    • Não deverá comer mais do que duas frutas por dia
    • Peixe, carne magra e aves deverão ser consumidos como fonte de proteínas

Grupo Peras – Glycemic plan (Plano glicêmico)

O grupo da dieta intitulado “Pera” é para aqueles que tendem a acumular gorduras na região das coxas, glúteos e quadris.

O Glycemic plan já permite uma ingestão maior de carbo em relação aos que fazem parte do grupo “Maçã”.

Ele se baseia em:

  • Também três refeições por dia e uma sobremesa
  • Maior consumo de carboidratos de baixo índice glicêmico (4 vezes ao dia no máximo)
  • Eliminar produtos feitos com farinha branca (farinha de trigo por exemplo) e produtos refinados, como o sal de cozinha, açúcar refinado entre outros.
  • A ingestão de frutas, verduras e carne magra é recomendada, mas o consumo de carne vermelha é restrito a uma porção por dia de no máximo 100g.
  • Também é recomendado comer um aperitivo 15 minutos antes das refeições principais (almoço e jantar), dos quais recomendamos uma colher de farelo de aveia ou um copo de água gelada.

Alimentos permitidos na Dieta Temogenica

Opções para as refeições principais:

Você precisa fazer o consumo diário nas refeições principais de pelo menos 2 destes ingredientes termogênicos.

  • Alho
  • Pimentão
  • Açafrão
  • Salmão
  • Pimenta vermelha
  • Vinagre de maçã
  • Salsa
  • Chá verde (acompanhamento)
  • Aipo
  • Canela (pode ser chá)
  • Mostarda
  • Gengibre
  • Atum
  • Água gelada
  • Café (uma vez ao dia)

Os alimentos base desta dieta são abacates, feijões, frutas vermelhas, condimentos (quentes e picantes como pimenta, curcuma, cardamomo etc), laticínios com baixo teor de gordura (o% gordura preferencialmente), ovos, peixes como salmão e atum, frutas cítricas, carne magra, nozes, óleo de oliva e canola, arroz integral entre outros cereais integrais, frutos do mar, legumes e água.

Opções para os lanches e sobremesas:

Queijo, presunto de frango e peru magro, salsa, guacamole, ovo cozido, frutas frescas (de preferência cítricas), pudim ou gelatina sem açúcar, laticínios 0% gordura e desnatados, legumes frescos ou cozidos.

Alimentos proibidos na Dieta Termogênica

Frituras, gorduras, azeite, alimentos com alto teor glicêmico, bebidas alcoólicas, sal pois retêm líquidos, refrigerantes, doces, massas e alimentos não integrais.

Quais são as desvantagens da dieta termogênica?

As desvantagens desta dieta é que a longo prazo a restrição contra alguns alimentos podem lhe causar a falta de vitaminas B, e da rejeição de algumas fibras que são ótimas para a digestão e funcionamento do intestino. Por ser uma dieta restritiva de carboidratos. Dai a importância de você primeiro consultar o seu médico.

Considerações finais sobre a Dieta Termogênica

Não faça nenhuma dieta sem antes consultar o seu médico e nutricionista.

A dieta deve estar associada a atividades físicas contínuas, nem que seja uma caminhada diária de pelo menos 30 minutos.

Mesmo após alcançar o peso desejado, o plano da dieta termogênica deverá continuar sendo feita, para que não haja o efeito sanfona.

Tem alguma dúvida, dica ou sugestão? Deixe seu comentário e nos ajude a incorporar ainda mais este texto.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2015 - 2016 · Receitas de Academia· Quer aprender receitas para emagrecer, ganhar massa muscular e outras? Confira nosso acervo.