VLCD Dieta do Alimento em pó
12/08/2017 Comentarios 0 413 Visualizacoes

VLCD Dieta do Alimento em pó

A VLCD ou Dieta do Alimento em Pó como também é conhecida, é uma dieta focada na ingestão de proteínas, com baixos índices de carboidratos e gorduras, do qual está fazendo sucesso entre os famosos nos últimos três anos. Podemos citar como exemplo o cantor Luciano, da dupla Zezé di Camargo e Luciano, que relatou ter emagrecido 37 quilos nos últimos dois anos e conseguiu chegar ao corpo que tanto desejava a anos. Outra famosa que recentemente relatou estar fazendo a dieta foi a Sasha Meneghel, filha da apresentadora Xuxa, no qual está no início mas já perdeu alguns quilinhos indesejados em sua estadia nos Estados Unidos.

E é por esse motivo que hoje estaremos falando um pouco mais sobre o que é esta dieta do alimento em pó, apresentando seus benefícios e malefícios, as fases da dieta, alguns dos alimentos permitidos, como fazer ela, quais as principais dicas, para quem ela não é indicada e muito mais.

O que é a dieta?

Esta dieta é considerada hipolipídica (com baixa ingestão de gordura) e normoproteica (com a ingestão adequada de proteínas), itens dos quais são elevados a níveis radicais em outras dietas. Por ser feita desta maneira, um dos principais fatores ruins para o organismo que uma dieta rica em proteínas fornece, como a sobrecarga dos rins e fígado, é totalmente evitada.

A base da dieta é no estado do organismo em que podemos chamar de cetose. A cetose acontece quando o corpo por falta da ingestão de alimentos ricos em energia como os com carboidratos e açúcares, começa a queimar a energia acumulada nas moléculas de gordura do nosso corpo.

Este método começou na Europa, onde a procura é muito grande nos dias atuais. Ele é dividido em três fases, das quais estaremos explicando melhor a seguir.

dieta cetogenica alimento po pronokal

O que é o processo de cetose?

O processo de cetose é aquele que ocorre quando há uma grande diminuição do consumo de carboidratos, onde o organismo se “obriga” a queimar gorduras para gerar energia. Em termos gerais, o metabolismo queima em seu estado “normal” os carboidratos do corpo, que são as principais fontes de energia para manter todos os órgãos em ótimo funcionamento, mas quando realizamos dietas como a do alimento em pó, que os carboidratos não são suficientes, o corpo passa a queimar as gorduras para produzir energia.

Quando essa gordura é queimada, os resíduos que sobram, são conhecidos como cetônicos. Após três dias de uma dieta de baixo carboidrato seguida a risca, o corpo entra em estado de cetose.

Como consequência a esse processo, o paciente apresenta quadros de dores de cabeça e cansaço, mas que são superados assim que o corpo se adapta a nova dieta. Mas o ponto primordial é que a partir do momento em que o corpo entra em cetose, passa a perder peso com uma grande velocidade, principalmente da massa gorda, ao contrário de outras dietas, que acabam diminuindo a massa magra, prejudicando seus músculos.

Antes de começar a dieta do alimento em pó

Antes de começar a fazer a dieta do alimento em pó (VLCD), assim como em qualquer outra dieta, é preciso realizar uma consulta em um endocrinologista, nutricionista e médico autorizado, para realizar todos os exames necessários, para verificar qualquer problema de saúde e impedimentos para esta dieta. Não faça nada por conta própria, afinal estamos falando do seu corpo e as consequências podem ser gravíssimas.

Quais são as fases da dieta?

A dieta está dividida em três fases:

  • Fase Ativa
  • Fase de Adaptação Fisiológica
  • Fase de Manutenção

Fase Ativa. O interessado irá fazer uma dieta com baixa ingestão de carboidratos e gordura, e uma ingestão adequada para o porte físico IMC, de proteínas. Isso é feito para que seja perdido peso e não massa muscular, o que acontece muito nas dietas, trazendo uma grande ilusão.

Fase Adaptação Fisiológica. Nesta fase de adaptação o interessado irá reintroduzir os alimentos de uma dieta sem restrições, mas desde que ela seja saudável. Nesta fase o corpo passa a reequilibrar a parte nutricional e metabólica do organismo.

Fase de Manutenção. A última fase é aquela que será preciso seguir ao longo dos anos, onde ela é equilibrada de proteínas, carboidratos, vegetais e outros alimentos saudáveis, dos quais serão responsáveis por manter o peso desejado.

Principais benefícios/vantagens da VLCD

Entre os principais benefícios e vantagens que podemos citar da dieta VLCD, são:

Perca de peso mais rápida, onde são eliminados até oito quilos por mês na primeira fase, incentivando quem esta fazendo a continuar, por conta dos resultados.

Como são alimentos em pó, você poderá faze-los facilmente durante as principais refeições da primeira fase. Esta dieta é muito prática. Os sachês você encontra na internet.

A estabilidade dos rins e fígados em relação a dieta, visto que dietas ricas em proteínas costumam acarretar sequelas graves para estes órgãos. As proteínas da Dieta do Alimento em pó é proporcional ao seu corpo, sendo indicada por seu médico.

Não é uma dieta restritiva por muito tempo. Ela só restringe um pouco os alimentos na primeira fase, depois é incentivado e incluído no cardápio, pequenas porções de outros alimentos saudáveis, até mesmo de alguns docinhos, o que a torna uma dieta mais agradável.

Principais malefícios/desvantagens da VLCD

Como nem tudo são flores, a dieta dos alimentos em pó também possui desvantagens:

Uma das principais é a falta de alimentos em sachês do mercado. As versões devem ser totalmente desidratadas, e não são fáceis de serem encontradas. Você mesmo poderá fazer as suas, mas isso pode dar algum trabalho. Por ser uma alimentação repetitiva no começo, pode ser que você acabe desanimando da dieta.

Preço alto também é uma das desvantagens, boa parte dos alimentos em pó do mercado são caros, além das consultas com os médicos especializados, que pode trazer um custo mais alto. Quando os alimentos são trocados, você não obtém resultados e precisa ficar voltando mais vezes ao médico, sendo bem desgastante e caro.

É preciso seguir corretamente todas as etapas, mas principalmente a primeira. Uma deslizada faz com que a cetose seja interrompida e o seu corpo volte a gastar a energia dos carboidratos e açúcares e não das gorduras, atrapalhando a dieta e não apresentando resultados. Como você fica mais restrito na primeira fase, há grandes chances de desanimar pelos deslizes e falta de resultados.

E sintomas comuns em dietas com a redução de açúcares, dos quais os principais estão as dores de cabeça e fácil irritabilidade.

Alimentos permitidos na dieta

Alguns dos alimentos permitidos nesta dieta para suas receitas são:

  • Panquecas (sachê)
  • Sopas (sachê)
  • Sucos
  • Outros alimentos em sachê, em pó e desidratados
  • Chás
  • Água
  • Pães de proteínas
  • Temperos desidratados
  • Abobrinha
  • Galeto
  • Peru
  • Brócolis
  • Konhaku
  • Shirataki (macarrão japonês)
  • Berinjela
  • Champignon
  • Broto de feijão
  • Filé de peixe
  • Kani
  • Linguado
  • Merluza
  • Pacu
  • Peixe Espada
  • Pescada
  • Pintado
  • Salmão
  • Sardinha
  • Tilápia
  • Truta
  • Filé de frango
  • Carne bovina magra (patinho)
  • Frutos do mar
  • Presunto e derivados, desde que sem gordura
  • Clara de ovo
  • Laticínios sem gordura
  • Farelo de Aveia
  • Farelo de Trigo
  • Outros farelos sem gordura
  • Algumas frutas indicadas por seu médico, normalmente para a segunda fase

Você já fez esta dieta? Deixe nos comentário quais outros alimentos foram permitidos para você!

Como fazer a dieta do alimento em pó?

Como citamos acima, será preciso seguir uma ordem das fases, das quais estaremos ensinando o passo a passo básico a seguir. Lembrando que toda a dieta deve ter acompanhamento médico e nutricional, não faça nada por conta própria.

A fase Ativa.

Nesta primeira fase, que também é conhecida como cetogênica, onde você ativa o corpor para realizar a cetose, e como consequência emagrecer, você estará se alimentando com itens que tem como principal fator a proteína. Nesta primeira fase, cerca de 82% da sua intenção de peso a ser perdido, ocorre.

Na fase ativa, você irá consumir uma grama de proteína para cada quilo do seu peso almejado, de trinta a sessenta gramas de carboidratos e apenas dez gramas de gorduras. Nesta primeira etapa, a mais difícil, o consumo diário de calorias varia entre seiscentas a novecentas calorias por dia, muito abaixo de uma dieta “normal” onde consumimos uma média de mil e duzentas calorias. É importante que tudo seja feito com acompanhamento médico, pois seu corpo é levado ao limite.

Com esse consumo, o seu corpo irá atingir o estado de cetose, do qual já explicamos acima, mas não custa frisar, onde ao perder a glicose (açúcar e carboidrato) que é a principal fonte de energia do organismo, o corpo passa a queimar gorduras, como uma alternativa a gerar energia. Após três dias, o corpo se adapta e todas as consequências negativas são eliminadas, como fome, mau humor, irritabilidade, náuseas e dores de cabeça.

Os alimentos permitidos desta fase, são os em pó, que vem em sachês, que poderão ser hidratados com água, sendo transformados em alimentos sólidos ou líquidos, dependendo da indicação médica. Com eles você absorve a quantidade necessária de nutrientes diários e não corre riscos para a saúde.

O período em que é realizado essa etapa depende também da indicação médica. Mas normalmente ele costuma durar até que você emagreça cerca de 82% do peso que deseja perder, passando então para as outras duas fases.

A fase de Adaptação Fisiológica.

Na segunda fase o processo de cetose é alterado, onde os macronutrientes são reestruturados e reequilibrados para o normal do seu dia a dia, desta nova etapa de vida.

Após a primeira fase, a cetose é quebrada e outros alimentos são introduzidos nas refeições, para que o corpo volte a usar os carboidratos como fonte de energia. Mas isso é feito aos poucos, para que o corpo se adapte gradativamente e não apresente picos de glicose.

Entre os alimentos adicionados nesta etapa estão os ricos em proteínas (sem gordura), pães e derivados de massas integrais, azeite de oliva e outros. Os sachês também são aumentados e/ou substituídos, elevando o consumo de calorias para o de uma dieta considerada “normal” com 1200 kcal.

Uma das consequências no começo desta fase, é que você poderá ganhar um pouco mais de peso, em relação ao obtido na primeira fase, isso porque ao acabar com a cetose, o corpo passa a armazenar o glicogênio como energia muscular reserva. Mas não se preocupe, seguindo corretamente as instruções, o peso é perdido e você irá precisar permanecer pelo mesmo tempo em que fizer a primeira fase, podendo chegar ao dobro de dias, até que todo o peso que você deseja perder, seja alcançado.

A fase de Manutenção.

Esta fase marca o fim de sua dieta, onde será possível voltar a comer normalmente, mas também marca o início de uma fase que dura para a vida toda, onde você deverá se alimentar da forma mais correta e saudável possível. Assim seu peso será mantido, com facilidade.

Nesta fase você irá precisar de acompanhamento médico por pelo menos mais um ano, para garantir que a alimentação esteja sendo feita da maneira correta.

Dicas ao fazer a dieta do alimento em pó

  • Primeiro seu médico. Não nos cansamos de repetir, não faça nada por conta própria, consulte seu médico.
  • Encontre sachês de alimentos em pó nos principais hipermercados e mercados municipais de sua cidade.
  • Tome bastante água. Por ser uma dieta restrita a proteínas, principalmente na primeira fase, é importante tomar água, sucos e chás, para não sobrecarregar seus rins e fígado.
  • Basicamente alimentos que são desidratados estão todos liberados durante a dieta, desde que não sejam ricos em carboidratos, gorduras e não sejam feitos com óleo.
  • Cuidado com os temperos. Alguns temperos como a pimenta do reino por exemplo podem fazer mal para o rim e fígado se ingerido em grandes quantidades. Os temperos também devem ser todos desidratados.
  • Alimentos termogênicos. Evite também alimentos que sejam considerados termogênicos, como a pimenta, gengibre e outros, pois o metabolismo é acelerado para que eles sejam absorvidos pelo organismo, gerando um gasto de energia muito grande, podendo trazer enormes fraquezas para você, principalmente na primeira fase da dieta.
  • Não vacile na primeira fase. Como é preciso que seu corpo atinja o processo de cetose, você não vai poder “deslizar” na primeira fase, seguindo corretamente as instruções de seu endocrinologista, pois qualquer alimento diferente, pode trazer a quebra do processo, não surtindo efeito para o restante da dieta.
  • Grãos e vegetais. Desde que não sejam oleaginosos, os grãos e vegetais são ricos nos nutrientes necessários para manter essa dieta e seu corpo em pleno funcionamento. Faça versões processadas, coloque-as em sachês e sempre que for fazer uma refeição, hidrate-os.

Sugestão de cardápio para a dieta do alimento em pó

Essa é uma sugestão para um dia da primeira fase da dieta, porém lembramos que o mesmo deve ser indicado por seu nutricionista:

Sugestão de café da manhã

Sugestão de lanche da manhã

  • Um bolo de baunilha de caneca (sachê)

Sugestão de almoço

  • Três colheres (sopa) de tomate picado
  • Um prato de salada verde (quanto quiser)
  • Uma omelete com queijo e rúcula refogada (tudo sem óleo e gordura) Existem opções de omelete em pó também, se possível utilize essa, bata hidratar.

Sugestão de café da tarde

  • Um iogurte desnatado (sabor a sua escolha)

Sugestão de jantar

  • Um prato cheio de abobrinha, brócolis, couve flor e couve lisa cozido a vapor
  • Três colheres (sopa) de palmito
  • Um peito de frango grelhado
  • Existem nuggets próprios para esta dieta, você poderá substituir pelo frango.

Você também poderá consumir sobremesas desde que seu nutricionista libere. As versões são feitas com ingredientes desnatados e light, como cremes de chocolate amargo ou meio amargo. É bem legal para amenizar a vontade de comer doces.

Para quem a dieta do alimento em pó não é indicada?

Como é uma dieta bem restritiva, principalmente na primeira fase, a dieta não é indicada para:

  • Crianças
  • Adolescentes com menos de dezesseis anos
  • Idosos
  • Pacientes com transtornos alimentares graves
  • Pacientes com doenças cardiovasculares
  • Pacientes com doenças renais ou hepáticas
  • Pacientes com problemas de diabetes tipo 1 e 2
  • Pacientes com anemia
  • Pacientes com problemas respiratórios

Esperamos que tenham gostado deste artigo, compartilhe com seus amigos.

Anterior Cálcio, tabela com alimentos ricos neste nutriente para os ossos
Proximo Pizza vegana sem ovo, sem lactose e glúten free

Sobre o autor

Wes
Wes 534 posts

Apenas um apaixonado por receitas, academia, mundo fitness, dietas e escrever :)

Veja todos os artigos deste autor →

Voce pode gostar tambem

Dieta para engordar com saúde – Dieta Hipercalórica

Você sabe o que é uma dieta hipercalórica? Gostaria de engordar com saúde? Isso mesmo, hoje estaremos falando sobre um assunto que é pouco comentado, justamente por ser o inverso… Leia mais

Dieta da banana verde

Procurando por uma dieta que seja fácil de fazer e que é capaz de eliminar até 2kg em apenas 5 dias? Esta é a Dieta da Banana Verde, uma opção… Leia mais

Dieta do abacaxi para emagrecer – Dieta de la piña

A dieta do abacaxi ou dieta de la piña é indicada para perder peso em três dias, onde eliminar gorduras do corpo está como seu principal objetivo, desde que com… Leia mais

Dieta termogênica

A dieta termogênica foi criada pela inglesa Cathi Graham e divulgada no livro “The Fresh Start Thermogenic Diet” e tem por principal objetivo a ingestão restritiva de alguns carboidratos, que… Leia mais

Tudo sobre a Dieta Cetogênica

Seu médico indicou uma dieta chamada Cetogênica e você gostaria de obter um pouco mais de informações sobre ela? Então neste artigo você irá encontrar tudo sobre a dieta cetogênica,… Leia mais

Dieta Hipocalórica – O que é e como fazer?

Toda dieta que possui uma ingestão de calorias abaixo do recomendado diariamente é considerada uma dieta hipocalórica (hipo = pouco/a). Mas ela conta com algumas restrições e é muito importante… Leia mais

0 Comentarios

Sem comentarios!

Voce pode ser o primeiro a comentar comente esta postagem!

Escreva uma resposta