Veganos – Outras boas fontes de proteínas que não seja de origem animal
23/06/2017 Comentarios 2 2894 Visualizacoes

Veganos – Outras boas fontes de proteínas que não seja de origem animal

Veganos e vegetarianos sempre são indagados sobre o consumo de proteínas, ouvindo frases como: “Você precisa comer carne, tem proteínas…”, “Como você faz para consumir proteínas?”, “Vai ficar anêmico, não come carne, são ricas em proteínas..” e por aí vai, inclusive deixe nos comentários quais são as outras frases em relação a esse assunto nos comentários. Mas o que eles sabem e provavelmente estão cansados de responderem, é que existem diversas outras fontes vegetais de proteínas, tão boas quanto as de origem animal.

Por isso no texto de hoje estaremos falando um pouco mais sobre este assunto e também apresentando alguns dos alimentos mais ricos em proteínas e nutrientes, tão bons quanto a carne.

Não comer carne também gera a carência de outras vitaminas

É claro que não é somente as proteínas que as carnes fornecem para o organismo, mas também nutrientes como ferro, ômega 3, vitamina B12 entre outros, que deve ser ingeridos para o bom funcionamento do corpo humano. Além da fonte de proteínas, é preciso encontrar vegetais que forneçam o que é preciso para ter uma boa saúde.

Qual é a recomendação diária de ingestão de proteínas?

Não importa se de origem animal ou vegetal, segundo a Anvisa, o consumo diário de proteínas deve ser de 1g para cada quilo do corpo, em pessoas sem o perfil de atleta e 2g para cada quilo do corpo, em pessoas praticantes de atividades físicas regulares. A média brasileira gira em torno de 60g a 150g por dia dependendo do perfil.

alimentos vegetais ricos em proteinas

Outras boas fontes de proteínas que não seja de origem animal

Entre as principais fontes vegetais de proteínas estão a:

  • Chia
  • Soja
  • Feijão
  • Ervilha
  • Grão de bico
  • Tofu
  • Quinoa
  • Gergelim
  • Semente de girassol
  • Nozes
  • Cacau em pó

Entre outros, mas os acima são os mais conhecidos e fáceis de encontrar.

Em porções de 100g de cada alimento é possível encontrar as quantidades a seguir:

  • A CHIA conta com 16,54g de proteínas, além de oferecer melhor disposição, resistência e força para o organismo.
  • Já a SOJA é responsável por fornecer 36g de proteínas a cada 100g do alimento. É uma das mais utilizadas por ser barato e encontrado com facilidade no atacado.
  • Existem diversos tipos de FEIJÃO, por isso a quantidade pode variar muito, mas em média ele rende 8g de proteínas, quando cozido. Além disso o feijão é uma excelente fonte de ferro.
  • A ERVILHA conta com 5,42g.
  • O GRÃO DE BICO na forma crua, contem quase 20g de proteínas nesta porção. Já quando cozido, você só irá obter 9g do nutriente. Também rico em magnésio, potássio e outros nutrientes e minerais, você pode consumir o grão de bico na forma de farinha, substituindo o trigo tradicional.
  • O queijo dos veganos e vegetarianos chamado TOFU é também uma excelente fonte de proteínas. Em média ele fornece 18g para cada 100g do alimento. Use-o em sopas, saladas, lasanhas, recheios variados, onde apesar de não derreter ou ter a consistência do queijo, é muito suculento, desde que bem temperado.
  • A QUINOA quando crua conta com 14g de proteínas para cada 100g do alimento. Já em sua versão cozida, o número é reduzido para 4g. Você poderá utilizar a quinoa em saladas, sobre outros alimentos como se fosse uma farinha ou da maneira que achar conveniente.
  • A versão mais usada do GERGELIM, a semente, conta com quase 18g de proteínas para cada 100g. Já a farinha de gergelim oferece incríveis 40g de proteínas, além de muitos nutrientes essenciais para o nosso organismo. Lembre-se disso quando estiver comendo um pão com gergelim.
  • A farinha da SEMENTE DE GIRASSOL oferece nada menos do que 48g de proteínas, mais até que o potente gergelim. Já a semente tradicional conta com 21g de proteínas. A semente pode ser consumida em bolos, saladas, biscoitos, etc, servindo inclusive de substituto para castanhas e sementes oleaginosas.
  • As NOZES oferecem em média 20g de proteínas para cada 100g, um número bem elevado se tratando do mundo vegetal. Mas é válido lembrar que além disso, boa parte delas contam com ômega 3. Só não exagere, pois elas são bem oleosas.
  • Usado muito em receitas fit, o CACAU EM PÓ, desde que sem açúcar, conta com quase 20g de proteínas para cada cem gramas. Utilize o cacau em receitas de bolos, biscoitos, cupcakes e outros, sempre substituindo o chocolate tradicional.

Tem mais alguma dica? Deixe seus comentários.

Anterior Batata doce, frango e Whey
Proximo Qual o melhor treino para emagrecer?

Sobre o autor

Wes
Wes 736 posts

Apenas um apaixonado por receitas, academia, mundo fitness, dietas e escrever :)

Veja todos os artigos deste autor →

Voce pode gostar tambem

Você faz o “Dia do Lixo” em sua dieta de baixas calorias (Low Carb)?

O Dia do Lixo é um dia da semana durante a dieta onde você acaba consumindo alimentos que não estão permitidos durante os outros dias da semana. Na teoria o… Leia mais

Alfarroba – Saiba o que é e seus benefícios para a saúde

A alfarrobeira é uma árvore nativa do Mediterrâneo, que produz a alfarroba, que no Brasil é conhecida também como Pão de São João ou Figueira do Egito. Seu formato é… Leia mais

Frutas que possuem ferro

Ter uma dieta balanceada com uma boa quantidade de ferro é ideal para combater, prevenir ou tratar a anemia. O ferro de origem vegetal é indispensável para o nosso organismo… Leia mais

Gordura no fígado: Dieta, melhores alimentos e dicas

Conhecida também como esteatose hepática, a gordura no fígado é uma condição que merece uma atenção mais do que especial, principalmente quando são sentidos os seus sintomas, isto porque em… Leia mais

Alimentos que são ricos em proteínas

Todos nós necessitamos de proteínas todos os dias, mas quando estamos fazendo academia esta palavrinha “proteína”, está presente em nosso vocabulário e em diversas refeições por dia. Isso tudo pelo… Leia mais

Jaca e seus cinco melhores benefícios para nossa saúde

A jaca é uma fruta que vem fazendo parte do mundo fitness, principalmente após a propagação de receitas saudáveis pela comunidade de veganos, vegetarianos e defensores de uma dieta mais… Leia mais

2 Comentario

  1. Jow
    junho 26, 11:01 Responda

    Fui em varios sites na internet para pesquisar sobre isso, li varios sites
    e nenhum se compara a esse aqui, seu Artigo e exelente, muito bem feito e explicativo,
    adorei. obrigado pelas informaçoes.
    Muito interessante mesmo! Continue com o bom trabalho!

Escreva uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.