Conheça 4 espécies de peixes que não devem ser consumidos
09/04/2015 Comentarios 0 3997 Visualizacoes

Conheça 4 espécies de peixes que não devem ser consumidos

Segundo uma pesquisa realizada pela Food & Water Watch, uma agência sem fins lucrativos de saúde e pesquisas, foram examinados praticamente todas as variedades de peixes existentes no mundo todo, e também observado a forma em que são criados e coletados, seja em cativeiro como através de vilas de pescadores. Também foram examinados os níveis de contaminantes tóxicos comuns entre os peixes, PCB ou Mercúrio, para assim saber qual a exposição das espécies com a contaminação produzida pelo próprio homem.

peixes proibidos comer

Após anos de estudos, a Food & Water Watch divulgou recentemente quais são os 5 tipos de peixes que devem ser totalmente evitados na alimentação, sendo:

  • Caviar de esturjão branco
  • Bagre importado
  • Enguia Americana
  • Todos os peixes planos do Atlântico como o linguado

A lista pode parecer pequena, mas infelizmente boa parte dos peixes de certas regiões do mundo estão contaminados pelo contato com águas onde indústrias despejam seus dejetos.

Caviar esturjão branco

Segundo a pesquisa, muitas populações desta espécie estão localizadas em locais próximos a construções de represas e assim boa parte das águas estão contaminadas, principalmente nos primeiros anos após a construção.

Bagre importado

Principalmente nas Américas, essa espécie deve ser evitada, pois é importado do Vietnã e lá o uso de antibióticos proibidos aqui na América é bem comum na criação da espécie. Já espécies como Swai e Basa, estão livres de tais antibióticos e podem fazer parte de sua dieta.

Enguia Americana

Conhecida também como enguia prata ou amarela, sua finalidade é muito comum em pratos japoneses como o sushi. A agência incluiu este peixe na lista, pois boa parte dos analizados estavam contaminados com altos índices de mercúrio e PCB.

Peixes planos do Atlântico

Peixes como o linguado devem ser evitados por conta de um problema que vem desde 1800, onde boa parte da população sofreu uma contaminação muito forte e até os dias de hoje sofre com a superexploração da espécie.

Comer peixe é muito bom, principalmente por suas proteínas, baixa calorias e seu ômega-3. Inclua ao menos 1 vez por semana um belo filé de peixe em sua refeição e previna vários tipos de doenças.

Confira também:

O que é alfarroba?
Viver sem comer açúcar é possível?
Os 3 piores alimentos para a pele

Anterior Bife grelhado Worcestershire
Proximo Receita de abacate com ovo - Dieta Paleo

Sobre o autor

Wes
Wes 694 posts

Apenas um apaixonado por receitas, academia, mundo fitness, dietas e escrever :)

Veja todos os artigos deste autor →

Voce pode gostar tambem

Não tenha dores no trabalho, conheça a Ginástica Laboral

Cansado de ter dores no trabalho? Saiba que o que pode estar faltando na sua rotina do dia a dia é justamente alguns minutos de Ginástica Laboral. Pode parecer pouco… Leia mais

Aprenda como substituir creme de tartaro nas receitas

O ácido tartárico, também conhecido popularmente como creme de tártaro, é um ingrediente muito comum utilizado principalmente na culinária norte americana. Ele é responsável por dar uma textura cremosa principalmente… Leia mais

Quando comemos pouco o estômago diminui? E isso ajuda a emagrecer?

Comer pouco faz o estômago diminuir? Isso contribui para uma dieta de emagrecimento? Quais são os benefícios, os malefícios, o que é mito ou verdade? É sobre este assunto que… Leia mais

Idosos e saúde – Os melhores alimentos

A terceira idade, como é conhecida a fase onde nos tornamos idosos, é a que mais devemos nos preocupar com a saúde, física e mental, pois a degeneração das células,… Leia mais

Você faz o “Dia do Lixo” em sua dieta de baixas calorias (Low Carb)?

O Dia do Lixo é um dia da semana durante a dieta onde você acaba consumindo alimentos que não estão permitidos durante os outros dias da semana. Na teoria o… Leia mais

Quantos ovos são recomendados comer por dia?

Assim que começamos a fazer e nos interessar por academia devemos nos preocupar principalmente com a nossa alimentação e posteriormente com a série de exercícios e outras atividades que exigem… Leia mais

0 Comentarios

Sem comentarios!

Voce pode ser o primeiro a comentar comente esta postagem!

Escreva uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.