Como fazer algas marinhas, aprenda o preparo de receitas
07/08/2017 Comentarios 3 3684 Visualizacoes

Como fazer algas marinhas, aprenda o preparo de receitas

A única alga que você conhece é a Nori? Aquela que é usada para enrolar o sushi? Saiba que existem outras variações nos mares e rios e que é possível fazer o preparo de diferentes formas, sendo uma ótima alternativa para saladas e outras receitas, sempre focadas na alimentação saudável.

Hoje estaremos falando um pouco mais sobre as algas marinhas e seus benefícios e também ensinando algumas receitas bem interessantes. Mas você poderá utilizar a sua imaginação para criar pratos com algas, dos quais temos certeza de que irão ficar saborosos.

As informações nutricionais do Nori, Dulce, Alface do Mar, Kombu e Wakame, que são as algas conhecidas por nós e que podem ser consumidas, também estarão neste texto.

como preparar algas marinhas receitas fit

Quais são os benefícios de comer alga marinha?

Já de cara podemos citar que os benefícios das algas marinhas, os conhecidos vegetais do mar, são melhores e mais ricos do que os vegetais da terra, principalmente pelo fato (de pelo menos na maioria das vezes) de não possuírem veneno em seu cultivo.

As algas são ricas em minerais, dos quais são correspondentes a até 30 porcento do peso final da alga, ou seja, de quando ela está desidratada e pronta para o consumo.

  • Outros minerais. As algas são ricas em iodo, magnésio, ferro e cálcio, fornecendo praticamente toda a necessidade diária, quando incluída nas principais refeições.
  • Ricas em antioxidantes. As algas são ricas em antioxidantes que eliminam os radicais livres, responsáveis por acelerar o envelhecimento, tirando a vitalidade das células. Os antioxidantes conhecidos nas algas são a fucoxantina, polifenóis, carotenóides, ficoeritrina, ácido algínico. Eles agem inclusive na prevenção de doenças como o câncer, purificando principalmente o nosso estômago.
  • Rica em vitaminas. As algas são ricas em vitaminas A, B, B9 e C. Vitaminas essenciais para o bom funcionamento de nosso organismo.
  • Quase nada de gordura e calorias. As algas apesar de serem servidas em versões secas ou aparentemente não apresentarem ser gordurosas, são ricas em ômega 3 e 6. Mas ainda sim elas não contam com quase nada de calorias. Uma das explicações de porque os peixes são ricos em ômega 3, é porque as algas fazem parte de sua alimentação.
  • Rica em proteínas. Como bem sabemos, alguns dos nutrientes principais das algas são as proteínas, apesar de ser um vegetal, o Nori por exemplo, possui mais de 40% de proteínas em sua composição.

Informações nutricionais das principais algas marinhas

É sempre interessante saber as informações nutricionais de alimentos diferentes do que estamos acostumados a consumir. Por isso separamos os números aproximados de cada uma das algas marinhas conhecidas. É importante saber que não são exatos, por diversos fatores influenciam em cada item, principalmente por elas absorverem seus nutrientes das água, podendo conter mais ou menos dependendo da região.

As informações são para 100g do alimento.*

O Nori. A versão mais tradicional, até bem conhecida por nós brasileiros conta com:

  • Proteínas, de 20 a 45g
  • Carboidratos, de 30 a 55g
  • Cálcio, 253mg
  • Magnésio, de 300 a 1600mg
  • Iodo, de 7 a 22mg
  • Ômega 3, até 1g
  • Fibras, de 24 a 43g

O alface do mar, que também é bem conhecido, pode conter:

  • Proteínas, de 8 a 32g
  • Carboidratos, de 40 a 60g
  • Cálcio, de 900 a 5500mg
  • Magnésio, de 1800 a 7400mg
  • Ferro, de 80 a 520mg
  • Iodo, de 2 a 30mg
  • Fibras, de 22 a 54g

O Kombu contém em média:

  • Proteínas, de 5 a 8g
  • Carboidratos, de 55 a 72g
  • Cálcio, de 650 a 800mg
  • Magnésio, de 400 a 2800mg
  • Zinco, de 2 a 14mg
  • Iodo, de 290 a 570mg
  • Fibras, de 30 a 40g

A alga marinha Dulse conta com:

  • Proteínas, de 8 a 36g
  • Carboidratos, de 43 a 67g
  • Cálcio, de 100 a 1200mg
  • Magnésio, de 100 a 300mg
  • Zinco, de 1 a 8mg
  • Iodo, de 10 a 80mg
  • Ômega 3, de 0,1 a 2g
  • Fibras, de 20 a 35g

E por fim a alga marinha conhecida como Wakame conta com:

  • Proteínas, de 15 a 20g
  • Carboidratos, de 40 a 58g
  • Cálcio, de 270 a 1080mg
  • Magnésio, de 700 a 3100mg
  • Iodo, de 24 a 57mg
  • Fibras, de 30 a 62g

Lembrando que são valores aproximados, consulte sempre o seu nutricionista.

Como fazer o preparo de todas as algas marinhas?

As algas marinhas sempre são vendidas na forma desidratada, apesar de estarem nesta forma, ainda contam com boa parte de suas propriedades, mas para prepara-las é necessário prestar atenção a alguns detalhes.

O primeiro de todos é que você vai precisar hidratar as algas em água por alguns minutos. Basta esquentar um pouco de água (morna) e deixar a alga marinar por cinco minutos. A não ser que a sua intenção seja fazer sushi, ai é a água desidratada mesmo.

Quando hidratada a alga poderá fazer parte de pratos como sopas, saladas, tortas, refogados entre outros.

Você pode deixar a alga desidratada e utilizar como “tempero” dando um sabor marinho as receitas, principalmente em pratos com peixes e frutos do mar.

É importante temperar as algas com gengibre, shoyu e itens que possam penetrar nos vegetais. Há quem faça salada de alga e coloque gergelim, para amenizar um pouco do gosto forte.

Receitas com alga marinha

como preparar algas marinhas receitas fit
5 from 1 vote
Imprimir

Delicioso ensopado marinho com algas

Aprenda como fazer esta receita de ensopado marinho com algas, uma opção muito fitness para sua dieta.

Refeição Almoço, Jantar
Cozinha Receita Fitness
Tempo de Preparo 10 minutes
Tempo de Cozimento 20 minutes
Tempo Total 30 minutes
Serve 4 porções
Calorias 300 kcal

Ingredientes

  • 1 Unidade Cebola Grande e picadinha
  • 3 Dentes Alho Picado
  • 2 Unidades Tomates Picados
  • 1 Unidade Pimentão verde Em tiras
  • 200 ml Leite de coco
  • 1 Unidade Caldo de legumes
  • 1 Xícara (chá) Repolho branco Em tiras bem fininhas
  • 1/2 Xícara (chá) Coentro Picado
  • 1 Colher (chá) Amido de milho Maizena
  • 1 Xícara (chá) Água
  • 1/2 Xícara (chá) Castanha de caju Hidratada por 3 horas
  • Sal A gosto
  • Pimenta do reino A gosto
  • Azeite de oliva A gosto
  • 2 Xícaras (chá) Algas marinhas Picadas e hidratadas

Instruções

  1. Coloque o azeite de oliva em uma panela antiaderente e refogue a cebola e o pimentão.

  2. Assim que a cebola começar a ficar transparente, acrescente as algas, o repolho e o alho e deixe refogar por alguns minutos em fogo baixo. Tampe para cozinhar no bafo.

  3. Quando o repolho começar a dourar, acrescente o tomate, o coentro, o leite de coco e o caldo de legumes e mexa muito bem.

  4. Deixe cozinhando em fogo baixo, até que os vegetais fiquem bem macios.

  5. Coloque no liquidificador as castanhas, água, o amido de milho e o sal e bata, até que fique completamente um creme.

  6. Incorpore este creme no refogado. Deixe apurar um pouco em fogo baixo.

  7. Acerte o sal e acrescente a pimenta do reino a gosto.

  8. Está pronto!

Chips de Algas

Outra dica é preparar um chips de algas com quase zero calorias. Fica bem crocante e gostoso.

Deve ser feito com folhas de nori. Espalhe óleo por toda a alga, o suficiente para deixar toda ela brilhante. Então corte as folhas em quadradinhos.

Espalhe um pouco de sal.

Coloque as folhas em uma forma antiaderente, de silicone ou forrada com papel vegetal. Então leve para assar em forno com fogo baixo (180ºC) por até 15 minutos. Não deixe passar muito pois queima.

Está pronto, você pode guardar em um pacotinho e ficar beliscando durante o dia.

Receita salada de Hijiki

Uma alga que não citamos acima, mas que também faz parte de diversas receitas é a Hijiki. Aprenda como fazer uma deliciosa receita de salada.

Ingredientes:

  • Meio pepino picado em cubos
  • Meia cenoura ralada
  • Uma xícara e meia (chá) de higiki hidratado
  • Uma colher (sopa) de shoyu
  • Uma colher (sopa) de vinagre de maçã
  • Dois rabanetes picados em tiras
  • Três colheres (sopa) de suco de maçã
  • Uma colher (chá) de óleo de gergelim
  • Uma colher (sopa) de melado

Como preparar?

  • Para preparar você irá precisar hidratar a alga primeiramente. Coloque-a em uma tigela com água por 30 minutos.
  • Depois da alga hidratada, pique-a se necessário.
  • Coloque todos os ingredientes em uma tigela e então mexa até que fique tudo bem incorporado.
  • Está pronta a sua salada.

Tem mais alguma dica? Deixe seus comentários.

Anterior Agave substitui açúcar, adoçante e mel nas dietas - Conheça
Proximo Cálcio, tabela com alimentos ricos neste nutriente para os ossos

Sobre o autor

Wes
Wes 633 posts

Apenas um apaixonado por receitas, academia, mundo fitness, dietas e escrever :)

Veja todos os artigos deste autor →

Voce pode gostar tambem

Receitas 0 Comentarios

Caldo oriental de carne

A receita que vamos ensinar hoje é muito interessante pois você pode adaptá-la facilmente apenas colocando alguns ingredientes. Se preparar exatamente como está abaixo, você terá um caldo com uma… Leia mais

Receitas 0 Comentarios

Ceviche de camarão – Receitas dukan

Você é fã da culinária oriental? Gosta de ceviche? Está realizando uma dieta e necessita de um prato light? Então hoje você irá aprender como fazer um delicioso ceviche de… Leia mais

Receitas 0 Comentarios

Tapioca de farelos dukan

A tapioca é uma das receitas mais recomendadas na substituição dos pães nosso de cada dia e as suas receitas são normalmente uma ótima combinação entre os carboidratos (tapioca) e… Leia mais

Receitas 0 Comentarios

Sopinha de frango rápida – Receitas dukan

Este ano o verão está demorando muito para dar as caras, pelo menos aqui em Curitiba está assim. E com o frio nosso de cada dia, o consumo de pratos… Leia mais

Receitas 0 Comentarios

Receita de patê de cottage com cebolinha FIT

Esta é uma receita de acompanhamento, que fica ótima principalmente em torradinhas no café da manhã, como sobre carne vermelha, dando um gosto totalmente especial, por conta do alho e… Leia mais

Receitas 0 Comentarios

Geleia FIT super fácil de fazer

Hoje estaremos ensinando como preparar uma receita bem simples e fácil de fazer de Geleia FIT, ideal para os seus cafés e lanches. A receita leva poucos ingredientes e fica… Leia mais

3 Comentario

  1. sijerger
    dezembro 05, 18:27 Responda

    pretendo diminuir as proteinas animais utilizando algas.
    obrigada pelas informaçoes.

    • Wes
      dezembro 10, 22:14 Responda

      De nada amigo. Algas são ótimas, mas siga sempre as recomendações médicas.

Escreva uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.